Pular para o menu
1320947558
LEI DE GREVE

Intransigência da Petrobras impossibilida reunião com o MPT

A direção do SINDIPETRO-RN se reuniu com representantes da Procuradoria Regional do Trabalho na quarta-feira (09)

10 de novembro de 2011 às 14:52

Nesta quarta-feira, 9 de novembro, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) esteve em Brasília para reunião com representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da Petrobras, cuja pauta seria o cumprimento da Lei de Greve. Os representantes da empresa, no entanto, solicitaram o adiamento da reunião para o dia 14 de novembro, mas a FUP cobrou que a reunião seja realizada ainda esta semana e o MPT concordou, remarcando para a próxima sexta-feira, 11.

A FUP e sindicatos filiados entendem que a Petrobras, que se utiliza da Lei de Greve para exigir o comunicado com 72 horas de antecedência (e assim poder preparar suas equipes de contingência), não dá a devida importância aos demais parágrafos da lei, principalmente o que determina o estabelecimento de um acordo de produção que atenda às necessidades inadiáveis da população. 

No Rio Grande do Norte, o SINDIPETRO, representado pelo coordenador Geral, Márcio Dias, o diretor responsável pelo Departamento Jurídico, Alexandre Domingos, e a diretora de Formação Política Sindical, Fátima Viana, além do Assessor Jurídico do Sindicato, Dr. João Helder, se reuniram com representantes da Procuradoria Regional do Trabalho da 21ª Região.

O encontro aconteceu na sede da Procuradoria em Natal e objetivou solicitar a intermediação do Ministério Público para garantia das necessidades inadiáveis da sociedade, durante o período de parada de produção no Sistema Petrobras, sem impedir que os trabalhadores utilizem o direito de alterar a lucratividade da empresa, para que sua pauta de reivindicações seja contemplada.

Além de informar à Procuradoria o andamento das negociações do Acordo Coletivo de Trabalho com a Petrobras, o Sindicato apresentou todos os comunicados feitos pelo Sindicato e a FUP à Petrobras e à sociedade.

Com informações da FUP

Compartilhar: