Pular para o menu
in
1349114011
CULTURA

Jaime Sautchuk: Hobsbawm vive

Morreu hoje de manhã, em Londres, o genial historiador marxista britânico Eric Hobsbawm, aos 95 anos.

01 de outubro de 2012 às 14:53

Morreu hoje de manhã, em Londres, o genial historiador marxista britânico Eric Hobsbawm, aos 95 anos. Ele parte, mas sua importante obra viverá para sempre, influenciando gerações e gerações desde meados do século passado.


Por Jaime Sautchuk*


Filho de judeus britânicos, sua família tinha negócios na Áustria e Alemanha, mas teve de fugir do nazismo, indo para a Inglaterra,onde Eric estudou, filiou-se ao Partido Comunista e lutou na Segunda Guerra no front britânico. 

Ele teve forte influência no Brasil. A começar pelo seu primeiro livro (tese de doutorado), o “Social Bandits” (Bandidos Sociais), que é focado no bandido Juliano, da Itália, mas que trata também do nosso Lampião. 

Um discípulo seu, o americano Billy Jayne Chandler, depois gastou oito anos em pesquisas para escrever “Lampião”, obra definitiva sobre o cangaço. 

Em “A Era das Revoluções”, Hobsbawn interpreta as mudanças no mundo da Revolução Francesa à Russa. Em “A era dos Extremos”, interpreta o que ocorreu da Revolução de 17 ao fim da União Soviética. Sempre numa visão marxista. 

*Jornalista, escritor, colunista do Vermelho

Compartilhar: