Pular para o menu
1346434482
SETEMBRO

Mês é data-base para grande número de trabalhadores

Pautas Reivindicatórias de empresas com atuação nacional estão prontas e serão encaminhadas à FUP nos próximos dias

31 de agosto de 2012 às 14:34

destaque

Foto: Christian Vasconcelos

Além da Petrobrás, é grande o número de empresas do setor de petróleo e gás com data-base em 1º de setembro. Por isso, trabalhadores e trabalhadoras do setor privado vivem dias de grande expectativa, preparando-se para iniciar as negociações de seus Acordos Coletivos de Trabalho.

As pautas reivindicatórias destinadas às empresas Tuscany, Empercom, ETX, Varco, Hidrodex, Proen, Perbras, Tucker e Halliburton estão prontas e serão encaminhadas à FUP nos próximos dias, levando-se em consideração que esses Acordos são negociados nacionalmente e, portanto, intermediados pela Federação Única dos Petroleiros – FUP. Já, os trabalhadores e trabalhadoras da Tenasa e da Adlim também entrarão nesse grupo, pleiteando o estabelecimento de um primeiro Acordo.

Entre as principais reivindicações, destacam-se a correção da inflação sobre os salários e ganho real de 10%; implantação de Planos de Cargos e Salários; compromisso de pagamento de Participação nos Lucros e Resultados – PLR; além de outras vantagens, como abono de férias em 100% e Adicional por Tempo de Serviço - ATS de 5%, à titulo de anuênio.

No quesito benefícios, as pautas reivindicam planos de assistência médica e odontológica sem ônus para os trabalhadores; auxilio alimentação no valor de R$ 535 para os que atuarem em áreas de operação, além da garantia de manutenção dos auxílios preexistentes. Há, ainda, pleitos com objetivo de garantir a segurança e a saúde ocupacional do trabalhador, com condições dignas de trabalho e respeito às práticas sindicais, objetivando garantir ambiência decente e obediência aos direitos previstos na CLT.

Compartilhar: