Pular para o menu
1313156596

Natal "é o caso mais emblemático de incapacidade" entre sedes da Copa

12 de agosto de 2011 às 10:43

Capital potiguar é apontada em matéria como uma das mais incapazes para cumprir os projetos de mobilidade urbana.

Em matéria veiculada na manhã desta sexta-feira (12) no Portal Uol, Natal é duramente criticada. O texto trata dos programas de mobilidade urbana das 12 cidades sedes.

"Natal parece ser o caso mais emblemático de incapacidade técnica para formatar um projeto de grande magnitude. O estádio é o mais atrasado de todas as sedes. As obras de mobilidade urbana foram desenhadas em 3 projetos para melhoria das vias públicas e construção de viadutos", diz trecho da matéria.

Em outra passagem, a matéria do Uol aponta que "Tudo a um custo de R$ 441 milhões, com financiamento de 85% por parte da CEF. Nenhum projeto atende as exigências básicas do Ministério das Cidades."

A situação preocupa a presidente Dilma. Outras cidades em dificuldade, embora menor, fizeram Planalto acender a luz amarela quanto aos prazos de entrega das obras. A capital do Reis Magos, não tem um único projeto de mobilidade, de competência da Prefeitura do Natal, contratado junto à CAixa Econômicia Federal.

E a cidade ainda corre o risco de ver alterado os atuais projetos. Além de não estarem em conformidade com as exigências básicas do Ministério das Cidades, pode ser alterado ainda para atender ao cumprimento do prazo. Afinal, a relização dessas obras é em razão do Copa do Mundo, antes de qualquer outra coisa.

Dos 55 projetos apresentados para captação do dinheiro do Fundo de Garantia, via Caixa Econômica Federal, apenas 38 foram contratados. O governo federal tem R$ 7,8 bilhões para financiar as obras.

Fonte: Nominuto.com

Compartilhar: