Pular para o menu
1504643711

Nova parcela da Ação dos Níveis começará a ser paga em breve

05 de setembro de 2017 às 17:35

destaque

Foto: Gilson Sá

O SINDIPETRO-RN dará início ao pagamento de uma nova parcela dos recursos conquistados pela Ação Coletiva dos Níveis assim que a Caixa Econômica Federal liberar os talões de cheque necessários. Este foi o compromisso assumido por represntantes da entidade em reunião realizada na tarde desta terça-feira, 5, nas dependências do Hotel Monza, em Natal. Destinado a atualizar os beneficiários com informações sobre o trâmite da ação, o evento contou com a presença de aposentados, aposentadas, pensionistas e integrantes da Assessoria Jurídica do Sindicato.

Durante o encontro, a advogada Karla Kaliane explicou a diferença entre o valor total informado anteriormente a cada beneficiário, e aquele que será efetivamente pago. “O que está sendo liberado neste momento é o que se conseguiu bloquear da Petros. Não é o valor integral, embora seja próximo. Então, ninguém vai receber 100% do que foi informado. Vai ser proporcional, ou seja: o que a juíza conseguiu bloquear será distribuído proporcionalmente ao que cada um tem direito”, detalhou.

A advogada também esclareceu que o processo ainda se encontra em andamento. “Vai ser liberado agora esse valor, que corresponde a cerca de 90% do total, e a diferença, com juros, correção e até multa, a gente continua buscando”. Já, sobre o recebimento desse restante, Karla preferiu não dar prazos. “Essa parte que vai ficar pendente a gente não tem ideia de pagamento porque houve embargos da Petros e pode ser que (o processo) suba para segunda instância. É uma diferença pequena mas que pode demorar”, avaliou a advogada.

Os pagamentos programados para este momento serão feitos em cheque nominal de acordo com um cronograma. Segundo Karla Kaliane esta é a forma mais ágil de repasse dos valores. Já, a prestação de contas, baseada em recibos e cópias de cheque, deve ser feita pelo Sindicato à Justiça, em até 60 dias. A Ação Coletiva dos Níveis beneficia os 129 aposentados e pensionistas sindicalizados que se aposentaram em data anterior a setembro de 2006, e que não ajuizaram ação individualmente.

Compartilhar: