Pular para o menu
1311686088

Parreira elogia planejamento, mas cobra implementação dos projetos

26 de julho de 2011 às 10:14

O treinador tetracampeão mundial com a seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, convidado especial para o evento Sebrae 2014, realizado nesta segunda-feira (25), na Olimpo Recepções, disse que a Copa do Mundo é muito maior que um evento de futebol. Ele classificou a parte esportiva apenas como um detalhe de toda essa engrenagem que vai mobilizar o país nos próximos anos.

"O acontecimento é uma oportunidade de o Brasil mostrar para o mundo a sua capacidade. Copa não é só futebol, ela abre espaços para todo tipo de atividade. O planejamento realizado para a competição está bem feito, falta implementar, os projetos precisam sair do estado de inércia. Quem vier para o país certamente não estará preocupado apenas com o espetáculo de futebol, os turistas vão querer ver muito mais coisas", disse.

Parreira disse que o mais importante disso tudo é o legado que um evento tão grande costuma deixar para o país, nas questões de melhores aeroportos, melhores estradas, empresas mais competitivas e também no lado cultural.

Falando sobre o futebol em si, ele afirmou que é impensável para o torcedor brasileiro ver o país sediando a Copa pela segunda vez e pelo menos imaginar que o Brasil não será campeão mundial.

"Realmente o torcedor brasileiro tem a expectativa de ver o país conquistar o hexacampeonato, ninguém vai querer ver a história de 50 se repetir. Mas agora isso não é mais problema meu e sim do Mano Menezes, a quem eu desejo sorte", falou.

Homenagem
Na abertura do evento, o potiguar Marinho Chagas, titular da seleção brasileira na Copa de 1974, foi homenageado.

Fonte: Tribuna do Norte Online

Compartilhar: