Pular para o menu
1307461756
Koch Petróleo

Pauta de Reivindicações já se encontra com a direção da Empresa

Campanhas para renovação de Acordos Coletivos mobilizam milhares de trabalhadores do Setor Privado

07 de junho de 2011 às 12:49

Trabalhadores e trabalhadoras da Koch Petróleo encaminharam à direção da Empresa proposta de Acordo Coletivo de Trabalho para o período 2011/2012 contemplando piso salarial de R$ 963,82 para todos os empregados, sobre o qual deverá incidir reajuste de 7,33%, referente ao período compreendido entre 1º de maio de 2010 e 30 de abril de 2011. À título de ganho real, os trabalhadores também reivindicam 10% sobre os valores salariais corrigidos pela Empresa.

No plano dos benefícios, além das reivindicações relativas aos auxílios refeição e alimentação, os trabalhadores reclamam a concessão do 14º salário, a título de produtividade; gratificação de férias em 100%; Plano de Cargos, Carreiras e Salários; licença-maternidade de 7 meses; convênios que viabilizem práticas culturais e desportivas; além do compromisso de realização e apresentação de uma pesquisa de informações sobre salários praticados por empresas que atuam no mesmo ramo de atividade, inclusive a Petrobrás.

Campanhas – Nos últimos dias, com o acompanhamento de diretores do SINDIPETRO/RN, milhares de trabalhadores de diversas empresas privadas atuantes na área do petróleo têm se reunido para elaborar suas pautas de reivindicações, referentes à renovação dos respectivos Acordos Coletivos de Trabalho. Foi o caso dos trabalhadores da Empercom, Schlumberger, BJ e Baker. As pautas reivindicatórias, bastante assemelhadas, contemplam itens relacionados à reposição da inflação, com aumento real de salários; auxílio-alimentação; PLR; auxílio-creche; entre outras demandas.


Compartilhar: