Pular para o menu
1513954992
Lesa-pátria

Petrobrás entrega 25% do Campo de Roncador para a Statoil

Barril “vendido” à estatal norueguesa por Pedro Parente sai pela bagatela de US$ 9,40

22 de dezembro de 2017 às 12:03

Pelo menos 250 milhões de barris de óleo equivalente por US$ 2,9 bilhões, sendo US$ 2,35 bilhões no fechamento da operação e US$ 550 milhões em pagamentos contingentes. Este, em síntese, é o mais novo acordo lesa-pátria fechado pelo presidente-entreguista da Petrobrás, Pedro Parente. O anúncio foi feito na última segunda-feira, 18, em Fato Relevante publicado Petrobrás, e tem como beneficiária a estatal norueguesa Statoil, que passa a deter 25% de participação no campo de Roncador. 

Localizado na área norte da Bacia de Campos, a cerca de 125 km do Cabo de São Tomé, em lâmina d'água que varia de 1.500 a 1.900 metros, Roncador foi descoberto em outubro de 1996. Possui uma área de aproximadamente 400 km² e conta com quatro unidades de produção instaladas: P-52, P-54, P-55 e P-62. Em novembro, a produção média deste campo foi de aproximadamente 240 mil barris de óleo por dia e 40 mil boed de gás associado, representando quase seis vezes a produção atual do Rio Grande do Norte. 

Na data de anúncio da transação, o barril de petróleo tipo Brent era comercializado a US$ 62,87. Considerando que Roncador possui um volume recuperável estimado em pelo menos 1 bilhão de barris, e que o “negócio” envolveu a cessão de 25 % da participação da Petrobrás, o barril de óleo equivalente vendido por Pedro Parente custará a Statoil US$ 9,40!  

Compartilhar: