Pular para o menu
1311686209

Petrobras planeja construir 4 novas refinarias e o RN, sem estrutura…

26 de julho de 2011 às 10:16

A Refinaria Abreu e Lima, que está sendo implantada em Pernambuco e foi, durante muito tempo, sonho de consumo do Rio Grande do Norte, deve começar a produzir em 2012. A refinaria Premium I, do Maranhão, começa em 2016 – a previsão inicial era 2014. Já a Premium II, do Ceará, inicia a produção em 2017.

Até o ano 2020 a  Petrobras poderá construir outras 4 refinarias, disse há pouco o presidente da companhia, José Sérgio Gabrielli, em entrevista coletiva para detalhar o Plano de Negócios de 2011 a 2015.

Com essa previsão, abre-se mais uma vez caminho para o Rio Grande do Norte lutar por investimentos de maior porte da empresa. Mas, antes, o estado terá de desatar alguns nós que teriam travado o caminho em anos anteriores.

Entre eles, problemas de infraetsrutura como a falta de um porto que permita o escoamento da produção oriunda desse tipo de empreendimento e também o declínio da produção de petróleo e gás. Para quem não lembra, a queda na curva de produção de gás já chegou a ser apontada pela Petrobras como argumento para inviabilizar a construção de um pólo petroquímico no estado.

Quando discutia-se para onde iria a refinaria atualmente de Pernambuco, o Rio Grande do Norte acabou de mãos abanando, segundo analistas disseram na época, principalmente porque faltou ao estado força política. Sem resolver problemas antigos, de estrutura, no entanto, não há força exterior que ajude.

Em tempo: O Rio Grande do Norte já atua na área do refino e produz, inclusive, gasolina. O pólo de produção de Guamaré, da Petrobras, foi ampliado e adaptado de modo a permitir a atividade.

Fonte: Tribuna do Norte, com informações do Blog Mercado.com

Compartilhar: