Pular para o menu
1331723871
Conselho Administrativo

Petroleiros elegem representantes para C.A. da Petrobras

Após 20 anos de luta pela democratização da gestão na Petrobras, fica garantida participação dos trabalhadores no C.A

14 de março de 2012 às 08:17

destaque

Foto: Arquivo

No dia 29 de dezembro de 2010, após dois anos de tramitação no Congresso Nacional, foi aprovada a lei nº 12.353, que garante o direito de trabalhadores elegerem um representante do Conselho de Administração de empresas públicas, sociedade de economia mista, subsidiária e suas controladoras em que a União detenha maioria do capital social. O SindipetroRN que lutou por mais de 20 anos pela democratização da gestão na Petrobras e suas subsidiárias, viu neste pleito uma importante forma dos trabalhadores petroleiros obterem novas conquistas através da participação legítima dos trabalhadores no C.A..

Os petroleiros de todo o pais agora comemoram a primeira eleição de um representante dos trabalhadores para o C.A., em um processo que decorreu como determina a lei conquistada pela categoria. Os representantes dos trabalhadores foram escolhidos entre os empregados ativos, pelo voto direto de seus pares através de instalações eletrônicas em seus postos de trabalho, através da eleição organizada pela empresa em conjunto com as entidades sindicais que os representam.

Para a Diretora de Formação Sindical do SINDIPETRO-RN, Fátima Viana, a eleição do primeiro representante dos petroleiros no CA da Petrobras se constitui em importante conquista, sem a qual o processo de democratização do país se atrasa. A relevante conquista atende ao anseio dos trabalhadores em poder interferir nos rumos da administração da estatal, embora ainda em minoria.

A eleição foi concluída após dois turnos de votação. Na Petrobrás, o presidente da AEPET, Sílvio Sinedino, foi eleito por uma diferença de 867 votos (num total de 13.077 votos válidos) em relação ao coordenador da FUP, João Antônio de Moraes, que teve o apoio nacional das principais entidades sindicais do país. Na BR Distribuidora, os trabalhadores elegeram Sérgio Vieira, diretor do Sitramico-RJ e candidato apoiado pela FUP. Na TBG, foi eleita a chapa formada pelos trabalhadores Roberto Cunha (titular) e Marcos Madrid (suplente). Na Refap, o candidato apoiado pela FUP e seus sindicatos, Fernando Maia, venceu. Na Transpetro, o edital de convocação da eleição para o C.A. ainda não foi publicado.

Aqui no Rio Grande do Norte, agradecemos o apoio da categoria aos candidatos indicados pelo SindipetroRN, os companheiros Antônio Moraes e Leonardo Freitas, que conquistaram a maioria dos votos, no primeiro e no segundo turno, demonstrando a força da nossa união.

Apesar da conquista, ainda há um caminho a ser trilhado em direção ao aperfeiçoamento do processo eleitoral para o CA, conforme aponta Fafá Viana. “Ficou muito clara a necessidade de ampliar a divulgação e facilitar a participação dos trabalhadores, o que implica em disponibilizar aos concorrentes todas as possibilidades e meios de comunicação internos, além de ampliar a coleta de votos”, aponta a diretora.

Entretanto, Fátima Viana destaca ainda, que é exatamente no exercício dessa importante conquista que iremos consolidar a presença dos trabalhadores no CA. Apurada a eleição, encerra-se o processo eleitoral e tem início o mandato, que deve ser participativo e exercido em nome dos interesses dos trabalhadores.

Esperamos agora que os representantes eleitos neste pleito tenham um mandato verdadeiramente participativo, com interlocução permanente com as organizações dos trabalhadores e a incorporação dos interesses da categoria no Conselho Administrativo da empresa.

O SindipetroRN fica a disposição dos novos conselheiros, na luta por melhores condições de trabalho e vida para todos os petroleiros.

Compartilhar: