Pular para o menu
1519141898

Petroleiros nas ruas contra a “Reforma” da Previdência

20 de fevereiro de 2018 às 12:51

destaque

Foto: Arquivo

Nesta segunda-feira, 19, a categoria petroleira norte-rio-grandense também se fez presente nas manifestações organizadas pelas centrais sindicais contra a “Reforma” da Previdência. Em Mossoró, o protesto teve início às 7h com um “abraço simbólico” à agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), na Avenida Aldemir Fernandes, no bairro Aeroporto.
Por volta das 10h, os manifestantes seguiram em marcha pela Av. Felipe Camarão até à Praça do PAX, local escolhido para o ato de encerramento. De acordo com a organização do protesto, cerca de 300 pessoas estiveram presentes na atividade. A manifestação foi organizada pelo Fórum dos Servidores do Oeste Potiguar, em parceria com a Frente Brasil Popular de Mossoró. 
Em Natal, no período da tarde, professores, comerciários, petroleiros, bancários, artistas, estudantes e sindicalistas de diversas categorias se uniram a representantes de vários segmentos e movimentos sociais numa concentração em frente ao prédio do INSS.  Em seguida, já reunindo milhares de participantes, foi realizada uma caminhada pelas ruas do centro até à Praça Sete de Setembro, em frente à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.
Para Ivis Corsino, diretor do SINDIPETRO-RN para a base da Petrobrás em Natal, é importante que a categoria petroleira e a classe trabalhadora brasileira se mantenham mobilizadas, mesmo que a Reforma da Previdência tenha saído temporariamente de cena. Na opinião de Ivis, os ataques ao Estado Democrático de Direito tem se multiplicado e nada impede que a Constituição seja mais uma vez desrespeitada, a fim de que se possa retirar mais direitos dos trabalhadores.  
Compartilhar:

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.