Pular para o menu
1563722608

Petroleiros norte-rio-grandenses rejeitam nova contraproposta da Petrobrás

21 de julho de 2019 às 12:23

destaque

Foto: Alexandre Domingos

Reunida em assembleia geral, a categoria petroleira norte-rio-grandense decidiu rejeitar massivamente a segunda contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho – ACT – apresentada pela Petrobrás. As sessões deliberativas foram realizadas no período de 12 a 19 de julho, nas principais bases administrativas e operacionais da companhia no Estado.

Defendido pela Federação Única dos Petroleiros – FUP, com o apoio de todos os sindicatos filiados, o indicativo de rejeição da contraproposta obteve 99,2% dos votos dos trabalhadores e trabalhadoras consultados no RN. Contundente, o resultado amplia o repúdio nacional à proposta da Petrobrás, revelando, ao mesmo tempo, espírito unitário e disposição de luta.

A campanha reivindicatória em curso está intimamente associada à luta contra as privatizações e o desmonte do Sistema Petrobrás. Portanto, além da manutenção dos empregos e de direitos trabalhistas duramente conquistados, o que está em jogo é a possibilidade de que o petróleo seja explorado com soberania, em proveito dos interesses nacionais do povo brasileiro.

Na próxima terça-feira, 23, a FUP apresentará à Petrobrás o resultado das assembleias realizadas em todo o País, exigindo novamente a renovação do ACT e o fim das privatizações. Como as direções sindicais têm alertado, não há saída individual. A luta é coletiva. Para estancar o desmonte da companhia, é preciso construir uma grande greve nacional. 

Nos próximos dias, FUP e sindicatos traçarão novas estratégias para a campanha reivindicatória. Veja o calendário abaixo: 

DIA

ATIVIDADE

22/07 (Segunda-feira)

Reunião da Direção da FUP

23/07 (Terça-feira)

Seminário Nacional de Comunicação

Reunião FUP e FNP

Entrega do resultado das assembleias à Petrobrás

24/07 (Quarta-feira)

Seminário Nacional de Comunicação

 

Compartilhar: