Pular para o menu
1525877693

Petroleiros norte-rio-grandenses seguem aprovando greve nacional

09 de maio de 2018 às 11:54

destaque

Foto: Arquivo

Com votação iniciada nesta terça-feira, 8, petroleiros e petroleiras norte-rio-grandenses seguem aprovando, por ampla maioria, proposta de greve nacional contra as privatizações no Sistema Petrobrás e a retirada de direitos de trabalhadores próprios e terceirizados. As sessões deliberativas da Assembleia Geral reúnem trabalhadores e trabalhadoras dos setores público e privado, em áreas administrativas e operacionais, e se estendem até a próxima sexta-feira, 11.

Além de deliberar sobre a proposta de greve, a ser deflagrada em data definida pela Federação Única dos Petroleiros – FUP, a categoria está aprovando um desconto assistencial de 1% (um por cento) sobre o salário líquido durante três meses, sendo 0,5% para a FUP e 0,5% para o SINDIPETRO-RN. Outra decisão que vem sendo tomada trata de subscrever um manifesto nacional em defesa da soberania, pela democracia e contra a prisão política do ex-presidente Lula.

Debate

Para a Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN, não faltam razões para a aprovação da greve. Em menos de dois anos, o governo golpista desfechou inúmeros ataques à soberania com graves repercussões para a economia do País. A Petrobrás perdeu a condição de operadora única do Pré-sal e a política de conteúdo nacional foi rebaixada, enquanto áreas petrolíferas promissoras passaram às mãos de empresas estrangeiras, que ainda tiveram dívidas perdoadas e redução ou isenção de impostos por 20 anos, significando uma renúncia fiscal estimada em R$ 1 trilhão.

Especificamente no âmbito da Petrobrás, já foram entregues mais de 30 ativos estratégicos, reunindo campos do Pré-sal, redes de gasodutos do Sudeste e do Nordeste, distribuidoras de gás, petroquímicas, termoelétricas, sondas de produção e usinas de biocombustíveis. Também estão em processo de venda 71 campos terrestres de produção, 33 de águas rasas e outros três de águas profundas, além das fábricas de fertilizantes, do setor de biocombustíveis (PBio) e da Transportadora Associada de Gás (TAG).

No período mais recente, até o parque de refino e a Transpetro tornaram-se alvos, com a Petrobrás anunciando sua intenção de vender o controle de 60% de quatro refinarias: duas no Nordeste – RLAM (BA) e Abreu e Lima (PE) – e outras duas na região Sul – Refap (RS) e Repar (PR). O negócio deverá ser feito através de um pacote fechado, que inclui também seis terminais aquaviários, seis terminais terrestres e 46 dutos. Não à toa, desde a véspera desse anúncio, o Conselho de Administração da Petrobrás passou a contar com ex-executivos da Shell e de outras multinacionais que concorrem com a empresa.

Veja, a seguir, o resultado parcial da Assembleia Geral Extraordinária no RN...

GREVE

DESCONTO ASSISTENCIAL

MANIFESTO

SIM

NÃO

ABS

TOT

SIM

NÃO

ABS

TOT

SIM

NÃO

ABS

TOT

98,4%

00%

1,6%

100%

88,5%

3,3%

8,2%

100%

96,7%

1,65%

1,65%

100%

 

Clique aqui para conhecer o texto do Manifesto em Defesa da Soberania, pela Democracia e contra a prisão política de Lula.

Conheça o calendário de sessões deliberativas da AGE e participe!

Dia

Hora

Local

Quarta-feira (9/05)

6h00

Embarque Elfe

 

7h00

Elfe Polo Guamaré

 

7h00

Lorena

 

12h00

S-7

 

13h00

Riacho da Forquilha

 

16h00

Embarque Turno Polo Guamaré

Quinta-feira (10/05)

7h00

Setor Privado (ARG)

 

7h00

Transpetro Macaíba

 

8h00

Base-34

 

12h00

UTE-JSP

 

13h00

Canto do Amaro

 

15h00

Transpetro Mossoró

Sexta-feira (11/05)

8h00

Sede Natal

 

Arquivos anexados
Compartilhar: