Pular para o menu
1338299084
Participação nos Lucros

Quitação e regramento exigem luta!

Após promover seminários e manifestações, Sindicato indica paralisação de 24h para início de junho

29 de maio de 2012 às 10:44

destaque

Foto: Arquivo

A diretoria do SINDIPETRO/RN está propondo à FUP e aos sindicatos filiados que seja realizada uma reunião do Conselho Deliberativo da entidade, em data a mais próxima possível. O objetivo é discutir e aprovar um calendário de mobilizações, com vistas à retomada das lutas pela quitação da PLR-2011 e pela reabertura de discussões sobre o regramento do pagamento das PLRs futuras. O SINDIPETRO/RN propõe, ainda, que esse calendário culmine com uma paralisação nacional de 24 horas, no início de junho.


Depois de promover uma rodada de seminários locais para debater a proposta de regramento apresentada pela Petrobrás e de realizar diversas manifestações em defesa de valores justos para a PLR-2011, o Sindicato está convencido de que não resta outro caminho que não seja o da luta. Claramente, a estratégia adotada pela Companhia visa ganhar tempo, apostando em que uma eventual redução do imposto de renda sobre as PLRs pagas aos trabalhadores arrefecerá o ânimo da categoria.

O Sindicato entende, porém, que a mobilização atual terá reflexos decisivos nas batalhas futuras. O montante provisionado pela Petrobrás para a PLR 2011 foi reduzido em 7,73% em relação ao de 2010, enquanto que os dividendos destinados aos acionistas tiveram um aumento de 2,33%. Aceitar qualquer proposta que feche os olhos para isso, será o mesmo que admitir a desvinculação da PLR dos dividendos pagos aos acionistas.

 

Compartilhar: