Pular para o menu
1392073194
PLR FUTURA

Reunião da FUP e Petrobrás acontece nesta terça-feira, 11 de fevereiro

Compromisso foi de apresentar a proposta no início deste ano, antes da assembleia dos acionistas

10 de fevereiro de 2014 às 19:59

FUP

Após solicitação da FUP, a Petrobrás marcou para esta terça-feira, 11, uma nova reunião para dar prosseguimento à negociação de PLR futura. A reunião será realizada na sede da empresa, no Rio de Janeiro, às 9h.

No fim do ano passado, quando a FUP e seus sindicatos arrancaram da Petrobrás, a proposta de antecipação da PLR 2013, a empresa afirmou que o modelo de regramento de PLR futura, reivindicado pela Federação, estava em construção e, comprometeu-se em apresentá-la no inicio deste ano, antes da assembleia dos acionistas

 

FUP questionará injustiças do PIDV

Assim como foi feito no lançamento do Programa de Incentivo à demissão Voluntária (PIDV), a FUP voltará a cobrar soluções que corrijam as injustiças que envolvem do programa lançado pela Petrobrás na segunda semana de janeiro, que incentiva o afastamento de trabalhadores já aposentados pelo INSS, e os que estiverem aptos a solicitar aposentadoria até o dia 31 de março com a idade mínima de 55 anos.

 

 

 

 

Veja abaixo alguns pontos cobrados pela FUP:

 

 

 

 

 

  •  Trabalhadores com direito à aposentadoria especial e do Grupo 78/79 que teriam direito à aposentadoria a partir dos 53 anos 

     

     

  •  Mulheres trabalhadoras que tem o tempo de aposentadoria diferenciado 

  • Anistiados que não foram contemplados com o pleito da FUP pelo recolhimento do serviço passado na Petros 

  •  Definição unilateral por parte dos gerentes sobre quem sairá imediatamente e quem permanecerá por mais 36 meses

     

 

 

Para a FUP e seus sindicatos, o programa que abrangerá 8.379 petroleiros, dos quais 6.879 já estão aposentados, retrata mais uma decisão unilateral da empresa em lançar programas que afetam efetivamente a vida dos trabalhadores, sem nenhum debate prévio com o movimento sindical e sem a garantia de reposição destes trabalhadores,  o que poderá sobrecarregar os que permanecerão na empresa.

Compartilhar: