Pular para o menu
1549469963

Reunião de Diretoria: petróleo, Petros e setor privado em pauta

06 de fevereiro de 2019 às 13:19

destaque

Foto: Alexandre Domingos

Em reunião virtual realizada na última segunda-feira, 4, aglutinando diretores sediados nas bases de Natal e Mossoró, a Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN fez um balanço das ações promovidas na última semana de janeiro e definiu novos encaminhamentos para o trabalho sindical nos próximos dias.

No setor público, o foco continua sendo a batalha em torno do equacionamento do déficit do Plano Petros-1. Na última quinta-feira, 31, o relator da 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado em Recife (PE), negou o pedido de liminar de efeito suspensivo que havia sido solicitado no recurso de Agravo de Instrumento interposto pelo SINDIPETRO-RN.

Diante da decisão, a Diretoria do Sindicato promoverá uma reunião específica com a assessoria jurídica da entidade, na próxima sexta-feira, 8. Além de avaliar a conveniência de interposição de um novo recurso, o fórum deverá agendar um encontro entre representantes dos trabalhadores no Conselho da Petros e participantes e assistidos.

Setor Privado

Já, entre os petroleiros e petroleiras de empresas do setor privado, o período é de intenso debate e mobilização. Várias são as empresas que se encontram negociando a renovação de seus Acordos Coletivos de Trabalho, momento em que se discute reajuste de salários e a concessão/renovação de diversos benefícios.

Entre as empresas que se encontram em processo de negociação, destacam-se: VARCO, HYDRATIGHT, SCHLUMBERGER, PERBRAS, FORTEKS E CONTERP. No decorrer da semana, serão realizadas reuniões e assembleias para atualização de informações e eventual tomada de decisão. Nesse mesmo período, o Sindicato dará início aos procedimentos para formalização da condição de representante, junto aos trabalhadores de várias novas empresas.

Indústria do Petróleo

Outro assunto que vem sendo acompanhado pela Diretoria do Sindicato é a situação da indústria do petróleo no RN. Depois da desistência da 3R Petroleum, que abriu mão da aquisição dos 34 campos de petróleo postos à venda pela Petrobrás no chamado Polo Riacho da Forquilha, ainda não há sinalização da companhia com relação a novos desdobramentos.

Com o objetivo de trocar informações e opiniões sobre a situação da indústria petrolífera no Estado e no País, a Diretoria do Sindicato reúne-se nesta sexta-feira, 8, com o senador Jean Paul Prates (PT). Em seguida, ainda sem data definida, o SINDIPETRO-RN deverá conversar com o vice-governador do Estado, Antenor Roberto (PCdoB). Em janeiro, o Sindicato já havia recebido a deputada federal Natália Bonavides (PT), a quem apresentou a pauta de lutas da categoria petroleira.

Compartilhar: