Pular para o menu
1312298123

Secretário de Segurança do RN assume presidência do Consene

02 de agosto de 2011 às 12:15

Nova gestão destaca crimes interestaduais como principal foco e reafirma a importância de trabalhos articulados pensando na Copa do Mundo de 2014

O Conselho de Segurança Pública do Nordeste (Consene) deu posse, nesta segunda-feira (1º), a comissão que irá gerir suas atividades pelos próximos dois anos. O secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Aldair da Rocha, assumiu a presidência.

O cargo de presidente do Consene foi transmitido a ele a partir do seu antecessor, o secretário de Segurança Pública da Paraíba, Gustavo Gominho, que assumirá agora o cargo de vice-presidente.

Segundo o novo presidente, a sua gestão deve focar os trabalhos na integração das polícias e no fortalecimento do combate aos crimes interestaduais. A Copa do Mundo de 2014 motivará ações a longo prazo.

“O Nordeste sofre muito com a ação de quadrilhas interestaduais bastante organizadas, e como o crime é organizado a polícia também precisa ser organizada”, explicou Aldair da Rocha, abordando a linha que seguirá para administrar as ações do Consene.

O trabalho de integração de polícias, segundo secretário, já vem sendo desenvolvido pelo RN em parceria com o Ceará e Paraíba, com destaque para as linhas de fronteiras. “Nós queremos difundir isso, até para que os demais estados apliquem essa política entre as suas fronteiras. Os bandidos conhecem muito bem as fragilidades da polícia, então é preciso que fiquemos atentos a isso”, ressaltou o presidente.

Para o secretário, a condução de um potiguar ao cargo de presidente do Consene é um “convite a responsabilidade”. “Eu, particularmente, sempre gostei desse trabalho, e os colegas da Polícia Federal fizeram uma força, forma de campanha, até como reconhecimento pelo trabalho do RN e importância que o Estado vai assumir nos próximos anos”, explicou.

A gestão de Aldair Rocha seguirá até o ano de 2013, com possibilidade de ser prorrogada até 2015. Por isso, a segurança durante a Copa do Mundo de 2014 deve ser assunto para debates e ações do Conselho. O foco deve sair do RN e chegar também aos estados vizinhos, como a Paraíba.


“Os estados vizinhos não serão sedes da copa, mas receberão um grande fluxo de turistas, como João Pessoa, Maceió, Aracaju. Não se trabalho segurança pensando apenas em Recife e Natal, as pessoas circulam”, relata Aldair Rocha. Pensando nesse sentido, o secretário anunciou uma série de cursos de capacitação a serem oferecidos aos oficiais da segurança do Rio Grande do Norte.

Fonte: Nominuto.com

Compartilhar: