Pular para o menu
1375967085
Acordo Coletivo

Sindicato dá início à Campanha Reivindicatória 2013-2015

Novas mobilizações serão realizadas a cada rodada de negociação com a Companhia

08 de agosto de 2013 às 10:04

destaque

Foto: Gilson Sá

Com a finalidade de demarcar o início da Campanha Reivindicatória do Acordo Coletivo 2013-2015, o SINDIPETRO-RN promoveu uma mobilização em frente ao principal portão de entrada da sede administrativa da Petrobrás, em Natal. O evento foi realizado na manhã desta terça-feira, 6 de agosto, com início às 4h00. Os trabalhadores lotados no Ativo de Produção de Alto do Rodrigues (ATP-ARG) decidiram atrasar o embarque e, logo em seguida, a resolução foi acompanhada por companheiros lotados no Polo Guamaré e no Ativo Mar (plataformas).

A partir das 7h00, teve início uma assembleia em que foram abordados os principais pontos da Pauta Reivindicatória e os encaminhamentos aprovados no seminário de planejamento promovido pela FUP e Sindicatos, nos dias 1, 2 e 3 de agosto. Além do aumento real de salários, com um pleito de 5% acima da reposição da inflação, a campanha de negociação do ACT 2013-2015 deverá priorizar o atendimento às reivindicações relacionadas a cinco eixos temáticos.

Segundo a diretora de Comunicação do SINDIPETRO-RN, Fátima Viana, os eixos definidos pelo movimento sindical petroleiro, durante o seminário de planejamento, estão relacionados à revisão do PCAC; melhorias na AMS; combate à precarização do trabalho; implementação do Fundo Garantidor; e luta contra o assédio e a reestruturação. Ainda segundo a diretora, no período de 12 a 18 de agosto deverão ser realizados os seminários de qualificação de greve.

Repúdio – Cada vez mais frequente nos atos e mobilizações promovidas pelo SINDIPETRO-RN a palavra-de-ordem de “Fora Graça Foster!” voltou a aparecer com força, tanto em intervenções quanto em faixas. Durante a manifestação, diretores e trabalhadores repudiaram o recrudescimento das práticas de assédio moral e o abandono dos campos terrestres de produção, associando tais práticas com o modelo de gestão que vem sendo adotado pela atual direção da Companhia.

A manifestação foi encerrada às 8h30 com o esclarecimento de que serão realizados novos atos a cada rodada de negociação. No protocolo da Pauta, FUP e Sindicatos estão propondo que a primeira reunião seja marcada entre os dias 15 e 16 de agosto.  

Compartilhar: