Pular para o menu
1556932435

SINDIPETRO reúne-se com Governo do Estado para debater recuperação do setor de petróleo e gás

03 de maio de 2019 às 22:13

destaque

Foto: Arthur Varela

Debater a situação da indústria de petróleo e gás no Rio Grande do Norte e estabelecer uma linha comum de atuação, buscando promover a recuperação de um setor-chave da economia. Estes foram os principais objetivos da reunião realizada no fim da tarde desta sexta-feira, 3, que juntou diretores do Sindicato dos Petroleiros (SINDIPETRO-RN) e representantes do Governo do Estado.

O encontro aconteceu na sede da Secretaria de Planejamento, no Centro Administrativo, em Natal, e contou com a presença do secretário titular da pasta, Aldemir Freire; dos secretários adjuntos Silvio Padilha (Desenvolvimento Econômico) e George Câmara (Planejamento); além do representante da Secretaria de Gestão de Projetos, Eudes Cabral.

Coordenada por Ivis Corsino, a representação sindical fez uma análise da crise porque passa o setor, destacando as consequências econômicas e sociais do acentuado declínio da produção, bem como, o papel negativo que vem sendo desempenhado pela Petrobras, desde que a companhia decidiu reduzir drasticamente os investimentos locais, concentrando-os na área do Pré-sal.

Especificamente com relação à Petrobras, os representantes sindicais defenderam a ideia de que a sociedade norte-rio-grandense deve se unir para interpelar a companhia. O setor de petróleo e gás ainda é o mais importante da economia estadual, respondendo por cerca de 40% do PIB industrial, e o povo potiguar tem o direito de conhecer os planos da Petrobras no RN, até para que possa planejar adequadamente o seu futuro.

Convergindo nas análises e diagnósticos apresentados pelo Sindicato, a representação do Governo do Estado reconheceu a grande importância do setor e a necessidade de ampla conjugação de esforços para restituir dinamismo à atividade petrolífera. Neste sentido, firmou-se um compromisso de busca de informações e explicações junto à Petrobrás, como também, de agendamento dessa matéria no Fórum dos governadores do Nordeste, uma vez que vários Estados da região sofrem problemas semelhantes.

Outro compromisso estabelecido durante a reunião foi o de apreciação da proposta de criação de um Programa e de um Conselho Estadual de Petróleo, Gás e Biocombustíveis. Elaborada em seminário que contou com a presença de entidades representativas de diversos segmentos da categoria petroleira norte-rio-grandense, a ideia já havia sido apresentada à governadora Fátima Bezerra e ao senador Jean Paul Prates, e agora deverá ser analisada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Compartilhar: