Pular para o menu
1493833806

SINDIPETRO-RN anuncia seu Congresso e convoca categoria para fortalecer defesa de direitos e da soberania nacional

03 de maio de 2017 às 14:50

destaque

Foto: Arquivo

Vivendo um retrocesso acelerado, de constantes ataques aos brasileiros, onde trabalhadores podem regredir quase 74 anos para o período anterior ao da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e em que a Petrobrás, maior estatal deste país, vem sendo esfacelada por entreguistas, vendida a toque de caixa. É com esta difícil conjuntura que o SINDIPETRO-RN vai realizar o seu 32º Congresso Estadual dos Petroleiros e Petroleiras, no próximo dia 3 de junho.

O CEPETRO-RN deste ano, que tem como tema “Democracia, Resistência e Luta: em defesa do Brasil, dos trabalhadores e do petróleo brasileiro”, acontece no auditório do Parque da Cidade Don Nivaldo Monte, localizado na Rua Prefeito Omar O’grady (prolongamento da Prudente de Morais), no bairro Pitimbú.

A diretoria Colegiada do Sindicato conclama todos os petroleiros e petroleiras da ativa, pertencentes a empresas dos setores público e privado, aposentados, aposentadas e pensionistas, que sejam sindicalizados ou não, a participar do XXXII CEPETRO-RN (conforme edital publicado em 3 de maio no Jornal De Fato).

Venha pra luta!

Alvo de constantes ataques do golpista Michel Temer, desde o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, a classe trabalhadora brasileira enfrenta uma das maiores ofensivas já registradas na história do país. Um conjunto de emendas constitucionais e projetos de lei ameaçam todos os trabalhadores, assim como a população de uma forma geral.

A Emenda Constitucional 95, que congela os gastos sociais por vinte anos; o projeto de Lei 4.302/1998, que implementa a terceirização plena para todos os trabalhadores; o Projeto de Lei 6.787/2016, que destrói as bases da CLT; e a Proposta de Emenda à Constituição 297/2016, que acaba com a Seguridade Social estabelecida na Constituição de 1988, representam uma tentativa de extermínio da classe trabalhadora brasileira.

Após o sucesso da Greve Geral, organizada pelas centrais sindicais, no último dia 28 de abril, onde 35 milhões foram às ruas do Brasil manifestar repúdio às reformas da previdência e trabalhista, precisamos somar ainda mais forças com os movimentos sociais nacionais e impedir esse enorme retrocesso.

No atual momento, é fundamental o apoio mútuo. Unir, organizar e mobilizar os trabalhadores e trabalhadoras dos setores de petróleo, gás e energia do Estado do Rio Grande do Norte, para as lutas contra a exploração capitalista e pela valorização do trabalho, estimulando a unidade de ação de todas as forças políticas, sociais e religiosas interessadas na afirmação de um novo projeto nacional de desenvolvimento, rumo a uma sociedade mais justa.

Programação do 32º Congresso Estadual dos Petroleiros, sábado, 3 de junho de 2017:

  • 09h00 - Leitura, discussão e deliberação sobre o regimento interno;
  • 10h00 - Apresentação de propostas de teses/resoluções políticas ao 32º CEPETRO-RN;
  • 11h00 - Debates
  • 12h00 - Almoço
  • 13h00 - Formação de grupos de trabalho: Setor Estatal, Setor Privado, Aposentados/Pensionistas;
  • 14h00 – Apresentação, debate e deliberação sobre os relatórios dos grupos de trabalhos;
  • 15h00 – Apresentação e deliberações sobre moções;
  • 15h30 – Inscrição de Chapas de Delegado(a)s ao 17º CONGRESSO NACIONAL DA FEDERAÇÃO ÚNICA DOS PETROLEIROS – 17º CONFUP;
  • 16h00 – Apresentação e eleição dos Delegado(a)s ao 17º CONGRESSO NACIONAL DA FEDERAÇÃO ÚNICA DOS PETROLEIROS – CONFUP;
  • 17h00 - Encerramento 

Arquivos anexados
Compartilhar: