Pular para o menu
1341074203
Cobranças

Sindipetro-RN cobrou ação e transparência em reunião da CPT

O sindicato pediu soluções para reivindicações pendentes e levou a conhecimento da empresa novas denúncias

30 de junho de 2012 às 13:36

Em reunião ocorrida dia 29 de junho, na sede da Petrobras em Natal, o Gerente da CPT, Stênio Jaime se comprometeu a investigar e cobrar o pagamento de horas extras que estão sendo alvo de várias reclamações por trabalhadores de todos os regimes. O Sindipetro-RN ainda cobrou uma resposta sobre as questões pendentes que vêm atingindo trabalhadores no setor Construção de Poços Terrestres e já foram tratadas em uma reunião anterior a esta. Em resposta o gerente se comprometeu em apresentar ao Sindicato as ações adotadas para corrigir os problemas, reconhecendo a falha no feedback por parte da empresa.

Esta foi mais uma das reuniões que o sindicato vem realizando em vários setores da companhia para apresentar sua nova diretoria, na busca por um melhor diálogo com a empresa sobre as reivindicações levantadas junto aos trabalhadores. Dentre as denúncias levadas pelo sindicato, destacam-se as mudanças no regime de trabalho e na remuneração dos petroleiros, ações estas caracterizadas pelo sindicato como assédio.

Além disso, O sindicato apresentou à CPT a reivindicação de implantar regime de turno nas Estações de fluido, pois após as 18 horas a estação fica apenas com operadores terceirizados, sem a presença do Técnico de Fluido. Quanto a esta questão, a gerência da CPT alegou a sazonalidade na atividade de perfuração como dificultador e insiste em manter o posto em sobreaviso.

O que o Sindipetro-RN espera da empresa é a melhoria nesse diálogo sobre as reclamações e a busca constante pela valorização do trabalhador, que é o bem maior da Petrobras e, quem faz a Petrobras cescer como expoente da economia nacional e internacional.

Compartilhar: