Pular para o menu
1495123965

SINDIPETRO-RN convoca trabalhadores a sairem às ruas para exigir: Fora Temer! Diretas Já!

18 de maio de 2017 às 13:12

destaque

Foto: Arquivo

A noite desta quarta-feira, 17, confirmou o que as centrais sindicais e movimentos sociais já vinham defendendo há algum tempo: o governo corrupto do golpista Michel Temer não pode mais continuar.

Isso porque foi anunciada a existência de gravações realizadas pelo dono da JBS, Joesley Batista, em que Temer dá aval para que o empresário continue comprando o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, depois que ele foi preso na Lava Jato.

Na mesma delação, o empresário ainda apresentou outra gravação, envolvendo o senador Aécio Neves. Nesta, o presidente do PSDB pede ao empresário R$ 2 milhões, dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato.

Em todo o país, a notícia da delação de Joesley Batista explodiu como uma bomba e levou milhares de pessoas às ruas, espontaneamente.

Na manhã desta quinta-feira, a Diretoria do SINDIPETRO-RN promoveu uma assembleia-relâmpago em frente à Base-34, em Mossoró, e decidiu convocar a categoria para se juntar às manifestações e protestos que estão sendo agendados em diversas cidades, pelo “Fora Temer!” e por “Diretas Já!”.     

Em Mossoró, a Frente Brasil Popular está convocando para um ato público na tarde desta quinta-feira, 18. A concentração acontece às 15h00, na Praça do PAX. A atividade é promovida por centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais da cidade, devendo aglutinar grande número de trabalhadores e estudantes. 

Em Natal, centrais sindicais e entidades estudantis também estão convocando uma manifestação para esta quinta-feira, 18, com ponto de encontro às 16h00, no cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Salgado Filho (IFRN-Midway).

Megamanifestação

Amanhã, sexta-feira, 19, também já está agendada uma plenária sindical e popular na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Educação – SINTE, às 15h00. Na ocasião, deverá ser detalhada a programação da megamanifestação agendada para o próximo domingo, 21, em Natal. 

Para o secretário geral do SINDIPETRO - RN, Pedro Lúcio, essa é a hora de irmos às ruas exigir a convocação de novas eleições. "Além de corrupto, esse governo é ilegítimo, e não representa a classe trabalhadora. É preciso que o povo brasileiro, de forma livre e soberana, decida o seu futuro”, disse Pedro.