Pular para o menu
1465507665
Cabiúnas

SINDIPETRO-RN repudia prática antissindical de Gerência da Transpetro

Representante dos trabalhadores teve contrato de trabalho suspenso de forma autoritária

09 de junho de 2016 às 18:27

destaque

Foto: SINDIPETRO-NF

A Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN vem a público manifestar sua solidariedade com o diretor do SINDIPETRO-NF e da FUP, Claudio Nunes. O companheiro teve o contrato de trabalho suspenso, de forma criminosa e autoritária, pela Gerência do Terminal da Transpetro em Cabiúnas (Macaé-RJ), no último dia 27, sob a alegação de "apuração de falta grave".

Em nota, o SINDIPETRO-NF denunciou a agressão e afirma que a medida é uma retaliação contra a forte liderança exercida pelo diretor, naquela base. A entidade também informa que, até o dia anterior à suspensão, estava em vigência um atestado médico de Cláudio Nunes, mas a empresa não aceitou novo afastamento de 60 dias.

A atitude dolosa contra um representante dos trabalhadores configura prática antissindical e revela a face cruel de uma postura gerencial anacrônica, que tenta se impor por meio de intimidação e constrangimento. O gesto, porém, apenas fortalece a convicção de que não devemos nos curvar diante de atitudes covardes, merecendo total repúdio da categoria petroleira norte-rio-grandense. 

Compartilhar: