Pular para o menu
1314734415
RELATÓRIO DA COMISSÃO

SINDIPETRO-RN vota pelo aprofundamento das investigações

O Diretor Ionaldo Morais representou o sindicato na Comissão de Análise no Acidente do Estreito

30 de agosto de 2011 às 17:00

O diretor do SINDIPETRO/RN, Ionaldo Morais, votou pelo aprofundamento das investigações na conclusão do relatório da comissão instaurada para averiguar o acidente ocorrido com o operador de Máquinas, Márcio José da Silva do Vale, no último dia 18 de agosto, no Campo Terrestre do Estreito.

É sabido que tal acidente alcança um raciocínio bem mais amplo do que mera falha humana ou ato inseguro do Trabalhador, como a Petrobrás, em seus métodos de análise, induz a pensar. Precisamos saber o porquê deste trabalhador simplesmente sair da motoniveladora, deixado-a ligada. Este é o papel de um representante do sindicato.

Considerando este fato, nosso Diretor questionou elementos fundamentais para identificar as possíveis causas do acidente e suas implicações. Seria alto estresse oriundo de pressão psicológica no ambiente de trabalho? Problemas pessoais? Falta de treinamento, segurança? Qual a abrangência desses erros e atos inseguros? Seria no nível da execução?

Enfim, são inúmeras as possibilidades e implicações envolvidas em um evento desse tipo, sendo impossível ater-se às causas básicas. Infelizmente a Petrobrás, permanece irredutível nesta discussão, tampouco se prontifica a aprofundar o debate em torno do seu método de análise. Somado a isto, o fato da empresa nem sequer disponibilizar uma cópia do relatório da comissão do acidente.

Este e outros episódios vêm se tornando cada vez mais freqüentes no Sistema Petrobras, daí a necessidade dos modelos de Gestão de Saúde, Meio Ambiente e Segurança serem repensados. Será que 11 mortes somente no mês de agosto não é razão suficiente?

 

Compartilhar: