Pular para o menu
1377792259
Schlumberger

Trabalhadores aceitam proposta de reajuste e encerram campanha

Decisão foi tomada nesta última quarta-feira, 28 de agosto, na base da empresa, em Mossoró

29 de agosto de 2013 às 13:04

destaque

Foto: Deivson Mendes

Trabalhadores da Schlumberger decidiram aceitar a proposta de reajuste salarial, tíquete alimentação e tíquete refeição apresentada pela empresa e encerraram a campanha reivindicatória referente ao Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2013/2014. A deliberação foi tomada na última quarta-feira, 28, em assembleia realizada na cidade de Mossoró. A proposta patronal já havia sido analisada pelo SINDIPETRO–RN e pela FUP. As duas direções sindicais consideraram a proposta insuficiente, mas os trabalhadores decidiram acatá-la. Os sindicalistas acreditam que a aceitação da proposta se deu por conta da conjuntura local desfavorável e pelo receio de possíveis represálias.

Proposta – A proposta aprovada contempla reajuste salarial de 6,2% para empregados com salário base de até R$ 7 mil. Os trabalhadores com salários acima desse valor terão um acréscimo de R$ 434,00. Já, o reajuste do tíquete alimentação será de R$ 235,00 para empregados com salários de até R$ 7 mil. A empresa também se comprometeu em reajustar o valor diário do tíquete refeição que agora passa a ser de R$ 28,00 por dia trabalhado.

O diretor para os setores Privado e Terceirizado do SINDIPETRO – RN, Manoel Assunção, lamentou a aprovação. “Infelizmente, a proposta oferecida pela empresa não favorece o trabalhador porque o valor do reajuste ficou abaixo da inflação”, explicou. O medo decorrente da situação provocada pela retração de investimentos da Petrobrás na região gera grande insegurança, fazendo com que muitos trabalhadores se acomodem com situações impostas pelos empregadores. “O sindicato compreende a situação, mas sempre se posicionará pelo caminho da luta, pois as conquistas não caem do céu”, afirmou Assunção.

Acúmulo de folgas – Durante a assembleia que aprovou o ACT 2013-2014, também foi discutido o tema referente ao acúmulo de folgas. O excesso de horas trabalhadas tem sido assunto recorrente em diversas denúncias apresentadas ao Sindicato, desde dezembro de 2012. Em negociação com a Schlumberger, formalizou-se um acordo assegurando sete dias de folga por mês. Como resultado – e também por conta da redução das atividades operacionais desenvolvidas pela empresa, os dias acumulados foram reduzidos em até 50%.

O Sindicato, porém, mantem-se vigilante. Se novas práticas abusivas voltarem a acontecer, os casos serão denunciados ao Ministério Público do Trabalho.

Compartilhar: