Pular para o menu
1350999714
Fraude

Trabalhadores acusam empresas de omitirem informações

Queixas sobre casos de subnotificação de acidentes de trabalho no setor privado estão crescendo

23 de outubro de 2012 às 10:41

O SINDIPETRO-RN tem recebido muitas queixas sobre casos de subnotificação de acidentes de trabalho no setor privado. Informações sobre tais ocorrências não estariam sendo repassadas à entidade, e os trabalhadores dizem que isso é uma prática corriqueira nas empresas. Só na ETX, em um período de 16 dias, teriam ocorrido cinco acidentes.

Dois deles teriam sido registrados em sondas de produção, mais precisamente na SPT 131 e na SPT 138. Em outra ocasião, um veículo de uma sonda teve a barra de direção quebrada e um carro capotou próximo à Halliburton em Mossoró. Outro incidente que chegou ao conhecimento do Sindicato, sem muitos detalhes, informa que trabalhadores teriam sofrido um acidente de carro no trajeto do trabalho.

Em um dos casos, o trabalhador acidentado ainda teria sido intimado a ficar trabalhando na Base, mesmo com o braço na tipoia com curativo protegendo o ferimento. Quando um diretor do Sindicato perguntou a vítima por que estava operando naquelas condições, o mesmo disse que o representante da empresa ordenou que ele continuasse trabalhando, pois a CAT não permitia afastamento. Ocorre que o trabalhador é destro, e justamente a mão direita é que foi afetada pelo acidente.

Na visão do Sindicato, os acidentes vem ocorrendo por causa da pressão desmedida exercida sobre os trabalhadores pelas empresas privadas. Além das péssimas condições de trabalho a que estão submetidos, por causa da baixa valorização da mão de obra e de equipamentos sucateados, as vítimas geralmente integram efetivos com número reduzido e insuficiente para atender às necessidades nas unidades operacionais.  Só para lembrar: a subnotificação de acidentes de trabalho é motivo para demissão de gerentes, por justa causa!

Compartilhar: