Pular para o menu
1392655749
ADVERTÊNCIA

Trabalhadores da Empercom paralisam atividades por 24h nesta terça, 18

Atividade protesta contra inadimplência do Plano de Saúde e proposta de ACT inaceitável

17 de fevereiro de 2014 às 13:49

destaque

Foto: Deivson Mendes

Os trabalhadores da elevação do Canto do Amaro, que prestam serviços à Empercom, realizam, nesta terça-feira, 18, parada de advertência de 24h. A atividade foi aprovada em assembleia, realizada na manhã desta segunda-feira, 17, e tem por objetivo protestar falta de compromisso da Empresa em efetuar o pagamento da produtividade e do plano de saúde, este, pendente desde janeiro. A atitude configura descumprimento do Termo de Mediação, assinado em 9 de janeiro.

Durante a assembleia, os trabalhadores também decidiram pela rejeição da proposta de Acordo Coletivo de Trabalho - ACT, oferecida pela Terceirizada. O documento traz um reajuste salarial abaixo da inflação e também não atualiza os valores referentes aos benefícios. Dessa forma, a tendência, segundo o diretor do Setor Privado, Manoel Assunção, é de rejeição nas demais bases, conforme encaminhamento do Sindicato.  

Novas denúncias sobre desrespeito ao ACT vigente também foram registradas.  Entre os reclames está o não pagamento de férias para três trabalhadores que já gozaram do descanso. Na última segunda-feira, 10, outros 25 também deram entrada no repouso anual, mas, até o momento, nenhum valor foi creditado. O setor jurídico do SINDIPETRO-RN já foi informado sobre o caso e avalia tomar as medidas cabíveis, entre elas, denunciar a Empercom à Justiça do Trabalho.

As assembleias deliberativas para avaliação da proposta seguem até sexta-feira, 21, nas bases do Riacho da Forquilha, Fazenda Belém e Base – 34, em Mossoró. Caso a decisão de rejeição se mantenha, será proposto para deliberação um indicativo de greve por tempo indeterminado a partir da próxima quarta-feira, 26.

Compartilhar: