Pular para o menu
1382354821
Contra o calote!

Trabalhadores da ETX no Rio Grande do Norte chegam ao 12º dia de greve

Paralisação atinge seis das nove sondas que a empresa mantém no RN e cerca de 200 trabalhadores

21 de outubro de 2013 às 08:27

destaque

Foto: Deivson Mendes

Nesta terça-feira, 22, trabalhadores da ETX no Rio Grande do Norte entraram no 12º dia de greve. O movimento ocorre em virtude do descumprimento, por parte da Empresa, de um acordo emergencial acertado com os trabalhadores, que levou à suspensão da última paralisação, encerrada em 17 de agosto. Atualmente, cerca de duzentos funcionários estão de braços cruzados, levando à paralisação de seis das nove sondas que a terceirizada mantém no Estado.

Apesar de já estar sendo até mesmo notificada pela Petrobrás por Tempo Não Faturado – TNF, a ETX ainda não procurou o Sindicato para resolver o impasse. Ao contrário, segundo informações obtidas por diretores do SINDIPETRO-RN, a Empresa está contratando novos funcionários para trabalhar durante a greve, o que é ilegal. Por este motivo, o Ministério Público já está sendo acionado, confirmou o diretor para o Setor Privado, Manoel Assunção.

As principais reivindicações estão relacionadas ao pagamento de salários atrasados; prestação de conta dos trabalhadores demitidos (rescisão e homologação); férias e mais segurança. Diante da evidente falta de capacidade da Empresa de conseguir cumprir com os encargos trabalhistas, a Petrobrás está avaliando se o contrato deve ser suspenso.

Em função da situação de instabilidade, alguns trabalhadores deram entrada em rescisões indiretas do contrato de trabalho, pois temem que a Empresa abandone seus serviços no RN. A ambiência vem se deteriorando rapidamente e, recentemente, ocorreram dois acidentes, sendo um com afastamento.

Compartilhar: