Pular para o menu
1390219157
Acordo Coletivo

Trabalhadores da Forteks recusam contraproposta e acenam com paralisações

Reajuste salarial e tíquete-alimentação são pontos de divergência

20 de janeiro de 2014 às 08:59

destaque

Foto: Deivson Mendes

Trabalhadores da Forteks Engenharia recusaram por unanimidade contraproposta da empresa para fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2013/2014. A decisão foi tomada em assembleias deliberativas dirigidas pelo SINDIPETRO – RN, por intermédio do diretor Pedro Idalino e do assessor sindical, Aldeirton Pereira, entre os dias 14 e 17 de janeiro, nas bases de Riacho da Forquilha, Fazenda Belém, Canto do Amaro, Lorena e Base 34.

A rejeição foi motivada pela insuficiência nos pontos referentes a reajuste salarial e ao pagamento do tíquete-alimentação. Na contraproposta, a empresa negou-se a promover qualquer tipo de reajuste até que o trabalhador complete um ano de empresa. Quanto ao tíquete-alimentação, a categoria reivindica o pagamento de um valor fixo mensal para o beneficio, sem descontos nas folgas, atestados e férias.

Caso a Forteks não apresente uma contraproposta que seja considerada satisfatória, até a próxima segunda-feira, 20, a categoria promete realizar paralisações de advertência.

Compartilhar: