Pular para o menu
1420732976
Desrespeito

Trabalhadores da Tucker Energy mantêm greve por solução de problemas trabalhistas

Empresa é acusada de atrasos no pagamento de férias, auxílio-alimentação e 13º salário

08 de janeiro de 2015 às 13:02

destaque

Foto: Deivson Mendes

Sem diálogo com a empresa, trabalhadores da Tucker Energy do Brasil estão em greve por tempo indeterminado. O motivo refere-se a atrasos constantes no pagamento de férias, auxilio-alimentação e a não quitação do 13º salário. O movimento foi iniciado no dia 2 de janeiro, após uma parada de advertência de 48 horas.

Segundo o diretor para Assuntos do Setor Privado e Terceirizado do SINDIPETRO-RN, Manoel Assunção, a categoria está disposta a prosseguir na luta contra as irregularidades. “A Empresa já foi informada e convocada para discutir os débitos, mas até o momento não respondeu, e por isso a greve continua”, explica.

De acordo com Assunção, todos os trabalhadores da Tucker estão com férias vencidas. “Têm casos de operadores com mais de três meses de férias atrasadas, e até esse momento a empresa não depositou o pagamento dos salários de dezembro”, relata. 

Com tantos problemas trabalhistas acumulados e vários dias sem manutenção dos serviços especiais (de perfilagem e canhoneio), acredita-se que a Petrobrás já tenha iniciado o processo de penalização, aplicando multa à Empresa. A diretoria do SINDIPETRO-RN aguarda posição da Tucker para discutir o pagamento dos débitos e o encerramento da greve.

Compartilhar: