Pular para o menu
1450448050

Trabalhadores da UTC Óleo e Gás aprovam contraproposta de ACT

18 de dezembro de 2015 às 11:14

destaque

Foto: Deivson Mendes

Mesmo com um indicativo de rejeição defendido pela Diretoria do SINDIPETRO-RN, trabalhadores da UTC Óleo e Gás aprovaram por ampla maioria a contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho, referente ao período 2015/2016. A categoria aceitou o reajuste de 8,5% no salário base e nas demais cláusulas econômicas oferecidas na segunda rodada de negociação entre empresa e Sindicato. A assembleia deliberativa foi realizada na última terça-feira, 15, na subsede do SINDIPETRO-RN em Mossoró.

Com data base em 1º de abril, o pagamento retroativo do ACT deverá ser efetuado em parcela única na folha de pagamento referente a dezembro de 2015. Para o diretor para Assuntos do Setor Privado e Terceirizado do SINDIPETRO-RN, Manoel Assunção, por não repor a inflação acumulada no período, calculada pelo ICV-Dieese em 10,05%, a proposta apresentada pela UTC deveria ter sido rejeitada. No entanto, ainda de acordo com o diretor, “acatando a opinião democrática da maioria, o Sindicato encaminhará a assinatura do Acordo”.

Além do reajuste salarial insuficiente, Assunção destaca outros tópicos que precisariam ser revistos e discutidos pela empresa, tais como: vale-transporte; plano de saúde e odontológico; e o fim das práticas de assédio moral. Por isso, afirma o diretor, “o Sindicato vai continuar trabalhando pela mobilização da categoria, a fim de que as condições de trabalho e salários sejam as mais dignas e justas possíveis”.

 

Compartilhar: