Pular para o menu
1346382000
Campanha Reivindicatória 2012

Trabalhadores de Riacho da Forquilha promovem manifestação nesta quarta

Novas mobilizações articulam pauta nacional e reivindicações de demandas locais

31 de agosto de 2012 às 00:00

destaque

Foto: Arquivo

Nesta quarta-feira, 5 de setembro, o SINDIPETRO-RN dará andamento às mobilizações da Campanha Reivindicatória 2012 com a realização de uma grande concentração no Campo de Riacho da Forquilha, no município de Apodi. A manifestação, programada para as 7h30, reafirmará a pauta nacional de reivindicações que trata da renovação das cláusulas econômicas do Acordo Coletivo em vigor, já encaminhada à Petrobrás, e também abordará temas locais.

Na pauta nacional, os principais pontos reclamados são o reajuste salarial com reposição integral da inflação e 10% de ganho real; correção e incorporação da RMNR; regramento das PLRs futuras; e reescalonamento do ATS. Já, entre as questões locais, trabalhadores e trabalhadoras reivindicam o fim do Regime Administrativo no Campo, e repudiam as práticas de assédio moral e antissindicais, que têm se intensificado.

Mobilizações – Em defesa da pauta reivindicatória, já foram realizadas manifestações no Canto Amaro, Upanema e CNB (04/09), no Polo Guamaré (03/09) e na sede Natal (31/08). Em Guamaré, foi realizada uma concentração dos trabalhadores da manutenção e da operação da UTPF e RPCC, em frente ao prédio da Sala de Controle. Na oportunidade, os trabalhadores e trabalhadoras decidiram agregar reivindicações locais à pauta nacional.

As principais bandeiras estão relacionadas ao dia do desembarque; regime de Sobreaviso; segurança no trabalho e nas estradas; deslocamentos para Natal e Mossoró; condições de ergonomia da Oficina MIIE; condições de alojamento para os brigadistas; melhoria da qualidade dos contratos; transporte do pessoal do Polo para o Alto do Rodrigues/Mossoró para desembarque; Horas Extras e Banco de Horas. Os trabalhadores também cobram o resultado da Auditoria na Frequência da UTPF.

Compartilhar: