Pular para o menu
1368120817
Randstad

Trabalhadores decidem manter greve por tempo indeterminado

Data-limite para apresentação de contraproposta se encerra nesta quinta-feira, 9/04

09 de maio de 2013 às 14:33

destaque

Foto: Laerte

Manter a greve, por tempo indeterminado. Esta foi a decisão tomada por trabalhadores e trabalhadoras da Randstad Recursos Humanos do Brasil, em assembleia realizada na última terça-feira, 7 de maio. Na ocasião, os funcionários avaliaram a sugestão do mediador da Delegacia Regional do Trabalho de suspender o movimento até esta quinta-feira, 9 de maio, data-limite para a Empresa apresentar uma contraproposta para o Acordo.

A negativa dos trabalhadores resulta da inércia da Randstad que, desde o ano passado, esquiva-se da responsabilidade de responder, de forma integral, à pauta de reivindicações da categoria. Nem mesmo uma segunda proposta dos empregados, com valores inferiores, sensibilizou os dirigentes da Empresa, o que vem resultando em um movimento com índices de adesão de aproximadamente 90%, segundo diretores do Sindicato.  

Início do movimento - A paralisação foi deflagrada em assembleia realizada no último dia 2 de maio, em Alto do Rodrigues, após várias tentativas frustradas de negociação. Diante do impasse, foi instalada uma comissão representativa formada pelos trabalhadores lotados no ATP-ARG/ESTREITO, ATP-ARG/ARA, ATP-ARG/POCINHOS e ATP-ARG/CNB, cujo objetivo seria estreitar o diálogo, acompanhando o processo de forma permanente. 

Entre as principais reivindicações dos trabalhadores destacam-se aumento real de 10% sobre os salários; fornecimento de auxílio-alimentação; auxílio-refeição; transporte residência/trabalho/residência; além de assistência médica e odontológica para empregados e dependentes.  

Compartilhar: