Pular para o menu
1441996015
NIC do Brasil

Trabalhadores podem entrar com ação para garantir salários

Ideia é bloquear o pagamento de faturas referentes a serviços constante de BM

11 de setembro de 2015 às 15:26

destaque

Foto: Arquivo

Bloquear o pagamento das faturas referentes aos serviços registrados no Boletim de Medição da Petrobrás. Esta pode ser a alternativa para que os trabalhadores e trabalhadoras da NIC do Brasil tenham solucionado o problema do atraso no pagamento de salários. A opinião é do assessor jurídico do SINDIPETRO-RN, Mário Jácome.

Após o arresto da sonda de perfuração da comunidade do “Cachorro Assado”, em Mossoró, no dia 3 de agosto, os trabalhadores da NIC do Brasil mantiveram-se à disposição empresa. No entanto, a situação tomou proporções inesperadas quando o pagamento dos salários deixou de acontecer.

Para analisar o caso, os trabalhadores reuniram-se nesta quinta-feira, 10, na subsede do SINDIPETRO –RN, em Mossoró. Juntamente com a Diretoria do Sindicato e o advogado da entidade, Mário Jácome, buscaram uma solução para a situação. Segundo Mário Jácome, “o bloqueio e retenção dos valores, por meio de decisão judicial, facilita o pagamento dos salários.”

Ainda de acordo com Mário Jácome, os primeiros trabalhadores que entrarem com o pedido de bloqueio têm preferência no recebimento das dívidas. “Caso o bloqueio tenha êxito, empresas que prestam serviço à NIC do Brasil que também estão com as contas atrasadas, serão as últimas a receber”, informa o assessor.

Segundo o Diretor do SINDIPETRO-RN para Assuntos do Setor Privado e Terceirizado, Manoel Assunção, a NIC já entrou com contato com a Direção do Sindicato para colaborar com a ação. “A direção da empresa já sinalizou que deseja uma reunião com a Diretoria do SINDIPETRO–RN, na próxima segunda-feira, 13”, explica o dirigente.

Caso a Diretoria da NIC do Brasil não mantenha a palavra, logo no dia seguinte (terça-feira, 14), os trabalhadores deverão entrar com o pedido de bloqueio do pagamento de faturas na Justiça.