Pular para o menu
1478272168
Central Resources

Trabalhadores rejeitam contraproposta pela quarta vez

Decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, 4, em Areia Branca

04 de novembro de 2016 às 12:09

destaque

Foto: Deivson Mendes

Em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, 4, na base da Central Resources, em Areia Branca, os trabalhadores decidiram rejeitar, por unanimidade, a contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho – 2016/2017 apresentada pela empresa. A categoria não aceitou o reajuste de 4% oferecido para o salário base e os 7% referentes ao tíquete-alimentação e vale-refeição, por serem insuficientes para reporem os índices de inflação.

Com data base em 1º de maio, esta é a quarta tentativa infrutífera de acordo entre a empresa e os trabalhadores. Como encaminhamento, a categoria aprovou a apresentação de uma nova proposta à empresa, contemplando 7% de reajuste para o salário base; 9,34% para o tíquete-alimentação e vale-refeição; podendo haver parcelamento do reajuste do salário básico em duas iguais, logo após a assinatura do ACT 2016/2017. 

Além das questões econômicas, os trabalhadores da Central Resources estão solicitando uma nova reunião para esclarecimentos relacionados ao Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), aprovado pela Empresa em 2014, mas que até o momento ainda não foi efetivado. Eles ressaltam que não foram informados sobre em quais níveis cada um se encontra e sobre como deverão ser feitas as progressões. 

O Secretário Geral do SINDIPETRO – RN, Pedro Lúcio, destaca que o Sindicato continua aberto à negociação. “Com esta deliberação, o Sindicato não está de forma nenhuma encerrando as negociações, muito pelo contrário, esperamos que a Direção da Empresa reflita sobre a legitimidade dos nossos pleitos e com isso, acate a nova proposta dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou.

Compartilhar: