Pular para o menu
1342622080
Baker

Trabalhadores rejeitam nova contraproposta e cobram avanços

Empresa prometeu resposta para 17 de julho, após isso, trabalhadores avaliam e deliberam em assembleia

18 de julho de 2012 às 11:34

destaque

Foto: Arquivo

O SINDIPETRO-RN rejeitou a última contraproposta para o Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2012/2013, apresentada pela Baker/BJ. A decisão foi anunciada em reunião com representantes do RH nacional da contratada realizada no dia 11 de julho, na base da empresa em Mossoró. Na ocasião, o Sindicato deixou claro que a proposição continua longe daquela reivindicada pelos trabalhadores e exigiu uma nova reformulação.

A Baker/BJ prontificou-se a encaminhar nova contraproposta até esta terça-feira, 17 de julho, a qual deverá ser submetida à assembleia para avaliação e deliberação. A expectativa é que o novo documento supere os anteriores, contemplando de forma mais ampla e justa as necessidades dos trabalhadores.

Entre os principais pontos da pauta de reivindicações estão: PLR igual para todos no valor de R$ 3.000,00; Plano de Cargos e Salários; previdência privada para todos; fim do regime misto; e mais 22 cláusulas aprovadas, ainda, em maio, período da data-base da terceirizada.

Além dos representantes da BJ Services, participaram da reunião uma comissão formada por três trabalhadores da contratada, liderados pelo delegado sindical de base, Francisco Diassis, e os diretores do SINDIPETRO-RN, Pedro Idalino, Manoel Assunção e Rildo Tavares.

Em andamento - Além da campanha reivindicatória dos trabalhadores da Baker/BJ, seguem em andamento negociações com a Schlumberger, cuja contraproposta, já apresentada, deverá ser apreciada pelos trabalhadores nos próximos dias. Já, com relação à ETX, Tenasa, Empercom e Tucker, as pautas reivindicatórias foram elaboradas durante o 27º CEPETRO-RN e também deverão ser avaliadas pelos trabalhadores nos próximos dias, para posterior encaminhamento às empresas. Para essas últimas, os pleitos são de reajuste salarial de 10% mais correção da inflação; pagamento dos adicionais previstos na lei 5.811/72; Plano de Cargos e Salários; Plano de Previdência Privada, entre outros.  

Compartilhar: