Pular para o menu
1472658718

Trabalhadores resistem à entrega do Pré-Sal e votação do PL 4567/16 é adiada

31 de agosto de 2016 às 12:51

destaque

Foto: FUP

Enquanto o Senado julga o impeachment sem crime da presidenta Dilma, os trabalhadores organizados resistem aos ataques que vêm no rastro do golpe.

Junto com a CUT e o MPA, a FUP e seus sindicatos se mobilizaram ao longo de toda esta terça-feira, 30, e conseguiram impedir que o PL 4567/16 entrasse em votação no plenário da Câmara dos Deputados Federais.

O projeto, que tira da Petrobrás a condição de operadora única do Pré-Sal, abrindo para as multinacionais a exploração destas reservas, estava na pauta para ser votado nesta terça, mas, após diversas intervenções junto às lideranças partidárias, os trabalhadores conseguiram adiar a votação.

Também nesta teça-feira, a FUP e seus sindicatos protocolaram na Câmara o PDC 507/16, que propõe uma consulta à população sobre a exploração do Pré-Sal.

Saiba mais: FUP protocola na Câmara projeto para plebiscito sobre o Pré-Sal

Conselho Deliberativo

Os dirigentes sindicais petroleiros permanecerão em Brasília nesta quarta-feira, 31, quando será realaizada a reunião do Conselho Deliberativo da FUP, que avaliará o cenário político e econômico e discutirá os próximos passos das lutas da categoria.

Fonte: FUP

Compartilhar: