Pular para o menu
1360167127
Eleição

Vicente é candidato ao Conselho de Administração da Petrobrás

Engenheiro de Equipamentos Sênior, ele também é diretor da AEPET-RN e do SINDIPETRO-RN

06 de fevereiro de 2013 às 13:12

destaque

Foto: Arquivo

Vicente Pontes é candidato dos trabalhadores e trabalhadoras ao Conselho de Administração da Petrobrás. Formado em Engenharia Mecânica com especialização em Engenharia de Manutenção e MBA em Gestão de Negócios, Vicente ingressou na Petrobrás em 1978, trabalhando em Alagoas e Sergipe, e, em 1990, foi transferido para o Rio Grande do Norte, atuando também no Ceará.

Em sua trajetória profissional, Vicente Pontes já trabalhou com mais de 40 equipes. Esta circunstância permitiu-lhe conhecer melhor as reais necessidades dos trabalhadores e trabalhadoras da Companhia, fato que também influenciou na decisão de assumir responsabilidades em entidades de representação, tais como a AEPET-RN e o SINDIPETRO-RN, nas quais exerce funções de diretor.

Como representante da categoria no CA da Petrobrás, Vicente afirma que suas decisões serão sempre “apoiadas nas contribuições e sugestões dos trabalhadores e trabalhadoras, bem como, de suas entidades representativas”. Em sua Plataforma de Campanha, ele se compromete com a “defesa e estímulo a projetos que resguardem os interesses nacionais e que sejam capazes de promover e valorizar o trabalho, fortalecendo a Petrobrás enquanto instrumento fomentador do desenvolvimento econômico, atuando sempre com responsabilidade social e ambiental”.

Para que a Companhia possa desempenhar plenamente esse papel, Vicente Pontes considera que é imprescindível ao Estado brasileiro ampliar sua capacidade de intervenção e presença em áreas estratégicas para o desenvolvimento do País, a exemplo do setor petróleo. Por isso, posiciona-se “contra a realização dos leilões de blocos exploratórios de petróleo e gás”, e, ainda mais. Como forma de combater as desigualdades regionais, papel que, igualmente, atribui à Companhia, Vicente defende que a Petrobrás “amplie os níveis de investimentos nas regiões nordeste e norte”, e que “mantenha sob seu controle todos os campos terrestres existentes”.

Gestão – Com relação à gestão da Companhia, Vicente Pontes deixa claro que a luta pelos direitos dos trabalhadores será parte integrante de suas ações e que dela não abrirá mão. Defenderá “uma nova forma de gestão, com ética, transparência, sem assédio moral, valorizando a negociação permanente com as entidades que representam os trabalhadores”.

Nesse sentido, Vicente defende a extinção do parágrafo único do artigo 28 do Estatuto Social da Companhia que impede que representantes dos trabalhadores no Conselho de Administração tenham participação em deliberações e discussões que envolvam assuntos de “relações sindicais, remuneração, benefícios e vantagens, inclusive matérias de previdência complementar e assistenciais”. Sem isso, afirma Vicente, será difícil para qualquer representante lutar por um novo plano de cargos e salários; uma política justa de AMS; ou por uma PETROS que reconheça e respeite os direitos de todos.

Votação – A eleição do representante dos trabalhadores e trabalhadoras no Conselho de Administração da Petrobrás será realizada, em primeiro turno, no período de 30 de janeiro a 7 de fevereiro. A votação será feita exclusivamente por meio de hotsite acessível na página inicial do Portal Petrobras. Para votar, é necessário possuir chave e senha ativas. A apuração do resultado do primeiro turno será feita no dia 8 de fevereiro. Caso nenhum dos candidatos obtenha maioria absoluta – 50% dos votos válidos mais um, haverá segundo turno, entre os dias 23 de fevereiro e 3 de março. A apuração final será realizada em 4 de março.

Para saber em detalhe como votar, click aqui!

Compartilhar: