Pular para o menu
1564675648

Com forte adesão, mobilização de petroleiros do RN prossegue até esta sexta

01 de August de 2019 às 13:07

destaque

Foto: Arquivo

Na luta por um Acordo Coletivo de Trabalho digno, com manutenção de todos os direitos conquistados pela categoria nos últimos anos, trabalhadores e trabalhadoras da Petrobrás de todo o Brasil estão promovendo uma semana de mobilizações, com atrasos, manifestações e atos públicos nas principais bases administrativas e operacionais da companhia. E, no Rio Grande do Norte, não tem sido diferente.
Nesta quinta-feira, 1º/08, trabalhadores e trabalhadoras lotados no Ativo Industrial de Guamaré, na base administrativa da Petrobrás em Alto do Rodrigues (S-7) e na Usina Termelétrica Jesus Soares Pereira (UTE-JSP) promoveram assembleias para debater o andamento da campanha reivindicatória e aprovar encaminhamentos. 
Além dos informes sobre as negociações do ACT, caracterizadas pela intransigência e pelas mentiras da Direção da Petrobrás, que afirma terem havido "avanços significativos", também foram discutidos o agravamento da conjuntura política brasileira, a ofensiva privatizante contra a companhia, a situação da PETROS e o seminário de preparação da greve.
Na última terça-feira, 30, e na quarta, 31, já haviam sido mobilizados trabalhadores da Transpetro lotados nas unidades de Macaíba, Guamaré e Mossoró, além dos trabalhadores do Ativo Mar, com programação de embarque para as plataformas marítimas do Estado. 
Em todas as bases, cresce a percepção de que a luta pela preservação dos direitos constantes do Acordo Coletivo está profundamente entrelaçada com a resistência ao desmantelamento do Sistema Petrobrás.
No Rio Grande do Norte, as mobilizações em defesa de um ACT digno prosseguem nesta sexta-feira, 2/08, reunindo trabalhadores das bases administrativas da Petrobrás em Natal e Mossoró.
Compartilhar: