Pular para o menu
1338130565
Cobrança do Imposto

Governo garante definição sobre PLR na próxima semana

Após reunião, representantes das centrais ouviram que caberá ao Ministério da Fazenda concluir a questão

27 de May de 2012 às 11:56

A CTB e as demais centrais sindicais ouviram de representantes do governo federal, nesta quarta-feira (23), em Brasília, que na próxima semana será apresentada uma posição definitiva sobre a isenção de Imposto de Renda (IR) sobre a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) recebida pelos trabalhadores do país.

Após reunião com os ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-geral da Presidência) e Ideli Salvatti (Políticas Institucionais), os representantes das centrais ouviram que caberá ao Ministério da Fazenda uma definição pormenorizada sobre o tema.

Segundo o secretário de Políticas Sociais da CTB, Carlos Rogério Nunes, os ministros se mostraram empenhados em conseguir encontrar uma boa resposta à demanda apresentada pelas centrais sindicais. Enquanto os sindicalistas pediram isenção de IR para PLR de até R$ 20 mil, o governo fez uma contraproposta de R$ 6 mil. “Entendemos que será possível chegarmos a um acordo em R$ 12 mil”, afirmou o dirigente, destacando o caráter histórico dessa pauta.

Direitos iguais

Para Joílson Cardoso, secretário de Políticas Institucionais da CTB, a reunião foi positiva e deve resultar, na próxima semana, em um acordo que passará sem maiores problemas no Congresso Nacional.

O dirigente lembrou, no entanto, que os trabalhadores brasileiros já contam com essa isenção desde o 1º de Maio, quando o ministro Gilberto Carvalho afirmou que a medida seria rapidamente tomada pelo governo da presidenta Dilma Rousseff.

“Assim como o governo tem isentado vários setores da economia do pagamento de imposto, é justo que a classe trabalhadora também seja contemplada diretamente com uma medida como essa”, destacou Joílson Cardoso.

Portal CTB

Compartilhar: