Pular para o menu
1303239454

Inflação é problema mundial e não só do Brasil, diz Mantega

19 de April de 2011 às 15:57

Segundo a projeção do ministro da Fazenda, o IPCA deve fechar 2011 em 5,6% ao ano 18 de abril de 2011

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta segunda-feira, 18, em evento para investidores e analistas estrangeiros em Nova York, que a inflação é hoje um problema mundial e não só do Brasil. Com isto, ele rebate os críticos da direita neoliberal que culpam o excesso de gastos públicos pela alta dos preços, ignorando que a principal pressão inflacionária provém dos desequilíbrios da economia mundial e ^tem por fonte a política monetária dos Estados Unidos.

Segundo Mantega, governo e Banco Central vêm tomando medidas importantes para conter a inflação e o aumento de crédito. "O problema de inflação é mundial, porém maior nos emergentes porque as commodities agrícolas no Brasil têm peso maior. No Brasil, diria que a inflação está em patamar médio e deve fechar 2011 ao redor de 5,6%. Ou seja, apesar da pressão inflacionária forte no Brasil, não acredito que vamos sair da meta", disse o ministro, referindo-se à banda superior da meta, de 6,5%.

De acordo com Mantega, o governo está tentando moderar o crescimento da economia para impedir "que a inflação trazida pelos preços de commodities se propague para outros setores da economia brasileira". "Acredito que o segundo semestre será melhor do que o primeiro em termos de inflação", avaliou.

Mantega alertou que países avançados também têm hoje "surto inflacionário que deve ser olhado com cuidado". Além da meta de inflação, o ministro da Fazenda garantiu também que o governo deverá cumprir sua meta fiscal para 2011, lembrando que a retirada de estímulos fiscais começaram em 2010.

Portal Vermelho

Compartilhar: