Pular para o menu
1299192096

Produção de petróleo cresce 6,3% em 12 meses até janeiro, diz ANP

03 de March de 2011 às 19:41

A produção de petróleo no Brasil totalizou 2,122 milhões de barris por dia (bbl/d) em janeiro deste ano, uma expansão de 6,3% em relação ao mesmo período de 2010, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na comparação com dezembro do ano passado, o indicador apresentou queda de 2,65%. A retração nessa base comparativa, ponderou a ANP, tem como fundamento a forte base de comparação. "O volume de petróleo produzido em janeiro de 2011 é superior aos 2,089 milhões de barris/dia de novembro de 2010, recorde anterior ao de dezembro de 2010", destacou a ANP em nota.

A produção de gás natural totalizou 66 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d) em janeiro, expansão de 13,2% sobre janeiro de 2010, mas 4,3% inferior ao volume de dezembro de 2010. Quando somados os números de petróleo e gás natural, a produção interna totalizou 2,539 milhões barris de óleo equivalente por dia (boe/d), alta de 7,4% sobre janeiro de 2010 e queda de 2,9% em relação a dezembro do ano passado.

Além da forte base comparativa, a ANP também destacou que a retração nos indicadores entre dezembro de 2010 e janeiro de 2011 é justificada pelas paradas de produção das plataformas P-48, FPSO Polvo e FPSO Cidade de Santos, nos campos de Caratinga, Polvo e Uruguá, respectivamente.

Pré-sal

A produção do pré-sal em janeiro foi de 71,7 mil bbl/dia de petróleo e 2,527 milhões m³/d de gás natural. O volume supera em cerca de 5 % a produção de dezembro de 2010, que foi de 68,3 mil bbl/d de petróleo e 2,402 milhões m³/d de gás natural.

Queima de gás 

A ANP informou ainda que as empresas que extraem gás natural reduziram em cerca de 12,4% a queima do produto em janeiro na relação com o mesmo mês de 2010. Na comparação a dezembro do ano passado, a queda foi um pouco menor, de 8,3%. 

Principais campos produtores 

Entre os 20 maiores campos produtores de petróleo e gás natural no Brasil, dois são operados por empresas estrangeiras - Frade/Chevron e Ostra/Shell. A Petrobras, no entanto, opera a maior parte dos campos de petróleo e gás natural brasileiros, com quase 93% do total.

A íntegra do boletim está disponível no endereço: http://www.anp.gov.br/?dw=44306

Compartilhar: