Pular para o menu
1398368321
Expectativa

Trabalhadores da Empercom decidem suspender a greve e aguardam pagamento

Justiça determinou bloqueio das faturas que deverão ser usadas para quitar salários e outras obrigações

24 de April de 2014 às 16:38

destaque

Foto: SINDIPETRO-RN

Depois de 15 dias em greve, trabalhadores e trabalhadoras da Empercom, em Mossoró, retornaram ao trabalho, desde a meia-noite da última quarta-feira, 23. A decisão foi tomada em assembleia realizada nesse mesmo dia, quando foi anunciada a decisão judicial de bloqueio de cem por cento das faturas que a empresa teria a receber da Petrobrás, e que deverão ser usadas para quitar os débitos da terceirizada com os trabalhadores.

Ainda nesta quinta-feira, 24, acontece uma audiência na Procuradoria do Trabalho, em Mossoró. Na oportunidade, a Petrobrás deverá informar à Justiça os valores das faturas devidas. A informação é relevante para que se possa avaliar se o montante é suficiente para cobrir a dívida.

Apesar da garantia judicial de bloqueio das verbas, os trabalhadores retornaram aos postos de trabalho a contragosto, uma vez que permanecem sem receber salários. O SINDIPETRO-RN espera que haja colaboração e celeridade da Justiça e da Petrobrás para que os trabalhadores possam ter acesso ao que lhes é de direito. 

Compartilhar: